Corinthians homenageia Sócrates com frase célebre e punho fechado


Os jogadores do Corinthians fizeram uma emocionante homenagem a Sócrates antes do confronto decisivo com o Palmeiras pelo Campeonato Brasileiro. Durante o minuto de silêncio no estádio do Pacaembu, os atletas permaneceram imóveis no círculo central, com os punhos fechados para o alto, em referência ao gesto imortallizado pelo "Doutor". Os palmeirenses mantiveram as mãos para trás em respeito. Após o minuto de silêncio, a torcida gritou "Sócrates ê, ô, Sócrates ê, ô".
Irmão Raí vai ao velório de Sócrates em Ribeirão Preto. Veja as imagens
Pouco antes, a diretoria do clube já havia usado uma faixa e as crianças que entram em campo com os jogadores para homenagear o ídolo do clube que morreu na madrugada deste domingo vítima de uma infecção generalizada. A faixa trazia uma frase famosa do ex-jogador: “O Corinthians não é só um time e uma torcida. É um estado de espírito”. Dr. Sócrates eternamente em nossos, finalizava a homenagem.
As crianças fizeram um círculo ao redor do gramado do Pacaembu, onde o time enfrentaria o Palmeiras, na rodada decisiva do Brasileiro que pode dar o quinto Campeonato Brasileiro ao clube, e toda estenderam o braço direito e fecharam o punho, imitando tradicional gesto do “Doutor” quando comemorava gols.
A torcida também fez uma faixa em homenagem ao ex-camisa 8, pedindo que ele descanse em paz. No minuto de silêncio que será pedido pelo árbitro Wilson Luiz Seneme, a torcida promete também erguer o braço com o punho fechado.


Foto: AE