APOLLO 20

Em 16 Agosto 1976 uma missão de caráter Ultra-Secreta de codinome:

"Vandenberg Twenty"
("Vandenberg-20" leia-se Apollo 20...)


Americano-Soviético voltou a Lua depois de 4 anos do fim da ultima Missão Apollo (Apollo 17 foi a “ultima” missão Oficial da serie Apollo, o “fim” da missão se deu em 19 de dezembro de 1972) sua tarefa?

Explorar uma gigantesca nave Espacial Extraterrestre acidentada (
ou abatida) no solo Lunar, justamente no lado oculto do “nosso” (nosso?) satelite “natural” (a Lua só exibe apenas uma face para a Terra, sabia?) e também explorar uma grande cidade em ruínas próximo a nave.
Essa nave tem cerca de 4 Quilômetros de diâmetro!

A cidade em ruínas tem torres gigantes e de estilo arquitetônico muito diferente de qualquer um conhecido na Terra.

Os Soviéticos e os Americanos cooperando entre si desceram no local e filmaram desde o lançamento do modulo espacial em Vandenberg (
California) nos EUA até a chegada na superficie lunar, tudo foi filmado e documentado...

Eles entraram na nave extraterrestre super gigante, verificaram os equipamentos, fizeram medições e examinaram os corpos dos alies que ali se encontravam.
Fantasticamente o ex-astronauta que nos conta essa história afirma que foram encontrados 2 corpos, um em pedaços e o outro em perfeito estado de conservação. Mas o pior é que ele afirma que esse ultimo estava VIVO!

Missão "Soviética-Americana" Apollo 20 para exploração de Nave e cidade abandonadas na Lua


A Nave Gigantesca apresenta estranhos buracos no muito grosso casco... são buracos imensos.

Esses buracos foram interpretados pelos exploradores como sendo "
crateras" causados por quedas de meteoros (comum na Lua e na Terra, mas na Terra tem atmosfera e a maioria desses meteoros se desfazem antes de chegar no solo por causa do atrito)

Por isso eles estimaram que a nave tenha cerca de 1 bilhão e 500 milhões de anos (
eu não concordo com isso...)

Segundo o ex-astronauta que revelou esses fatos (
Willian Ruthedge, vulgo “retiredafb”) a datação foi feita se baseando nessas “crateras” e em algumas amostras de solo próximas.
- "Eu particularmente não concordo...


Tenho muitos motivos sólidos para acreditar que essa espaçonave é
muito mais nova.
Isto é: que ela está ali a muito menos tempo (apenas 12 mil anos)... por que?

Bem... esse é um assunto bem complexo e vasto, se faz necessário uma longa e profunda explicação que não cabe aqui... (um humilde blogger) mas eu escrevo sobre o assunto com detalhes no meu livro:


Nós Somos Escravos
Terra a Prisão Orbital


Essa minha obra ainda não está completa, eu a estou escrevendo ainda, ele (o livro) vai ter cerca de 700 paginas quando terminado (ou mais) só por isso já dá para entender que esse assunto vai render muito.
Eu não sei bem como foi feita essa datação, mas acho que existe erro ai, o caso deve ser analisado com muito cuidado, será que os métodos de datação usados na terra valem para o solo lunar?


Será que algum agente desconhecido não interfere e distorce os resultados nesse ambiente da Lua?

Mas continuando com o relato do ex-astronauta:

Dentro da Nave ele e os outros exploradores (
sua tripulação era composta por William Rutledge, Leona Snyder da Bell Laboratories [Vejam! Uma mulher já pisou na Lua! E você nem sabia! Rsrsrs...] e Alexei Leonov, cosmonauta soviético que anteriormente participara da Missão Soyuz)
http://3.bp.blogspot.com/_4jCJsRzxVo0/TBFR-Fyry2I/AAAAAAAAEc4/lKhDJn8cRkk/s1600/EBE+Monalisa+1.jpg
Exploraram a AstroNave por dentro e lá eles encontraram apenas dois corpos de tripulantes. Dos dois um estava muito danificado mas o outro estava bem conservado, se trata do corpo da “Capitã”, sim isso mesmo! Eu disse Capitã... um ser feminino!

Ela que segundo o ex-astronauta recebeu o nome de "Mona Lisa EBE” (EBE, iniciais do inglês para: Extraterrestrial Biological Entity [Entidade Biológica Extraterrestre])

O mais surpreendente é que, segundo Rutledge, a EBE estava VIVA.                                                         Em breve parte 2